Notícias
  • Administração Sindical
    9 de outubro de 2017

    Técnico do DIEESE fala sobre Administração Sindical em Campinas-SP


    O Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES) realizou, em parceria com a APROPUCC, SEAAC e Sinpro Campinas, a palestra "Administração Sindical em Tempos de Crise", com o sociólogo e assessor técnico do Dieese, Victor Gnecco Pagani, no dia 4 de outubro, em Campinas-SP.

    Sindicalistas de toda a região se reuniram no auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (SINTICOM) para a atividade, que tratou de analisar de maneira crítica o papel dos sindicatos diante de tantos ataques aos direitos trabalhistas e a crescente ofensiva do setor conservador, trazendo aos dirigentes elementos que agregam à sua atuação sindical.

    Entre os diversos campos da administração, a administração de entidades sindicais acaba sendo um tema pouco debatido e carente de reflexões. Mas em tempo de crise, é fundamental se debruçar sobre essa temática, tanto para se preparar para uma conjuntura adversa, quanto para pensar estratégias de enfrentamento.


    Na palestra, Pagani ressaltou a importância do sindicalista conhecer de modo aprofundado as questões trabalhista, previdenciária e de saúde do trabalhador. E destacou também a busca constante de recursos para manutenção da entidade.

    Da Redação com Apropucc


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Sinfarpe e a Formação
    9 de outubro de 2017
    CES e Fenafar realizam curso no Sinfarpe 


    Foi realizado nos dias 29 e 30 de setembro de 2017, o 1º Curso de Formação Sindical  do Sindicato dos Farmacêuticos no Estado de Pernambuco (Sinfarpe), como parte do convênio entre a Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar) e o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES).

    A atividade aconteceu no auditório do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) e reuniu diretores de sindicatos, colaboradores e pessoas envolvidas na luta pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

    Abrindo o encontro, a presidente do Sinfarpe, Veridiana Ribeiro, falou sobre a relevância da realização do curso em sua entidade como instrumento de capacitação para dirigentes classistas no Estado, seguida pelas aulas sobre “Origem e História do Movimento Sindical Brasileiro” e “Concepções Sindicais”, com o professor André Cavalcanti.

    No segundo dia do curso, o tema “Comunicação Sindical” foi debatido com a aula do jornalista Fernando Borgonovi. Encerrando o curso, o professor e farmacêutico, Marco Aurélio falou sobre a ”Relação de Trabalho na Formação Farmacêutica – Negociação, Acordo e Convenções Coletivas”.


    Para a diretora da região nordeste da Fenafar, Lavínia de Melo Maia Magalhães, a realização do curso foi importante para qualificar o novo quadro que está compondo o sindicato, junto com a diretoria mais experiente. “Ele servirá para dar uma base para que esses sindicalistas possam ampliar seus conhecimentos e se tornarem mais atuantes. Sabemos que esse sindicato é bastante combativo e reconhecido pela categoria, mas precisa cada vez mais formar líderes para que, nesse momento difícil da conjuntura nacional, possamos tentar manter os nossos direitos trabalhistas que foram estraçalhados. Somente com a formação desses líderes vamos conseguir manter a luta dos profissionais farmacêuticos”, afirmou.


    “A formação é um instrumento importantíssimo para disputa de ideias nessa conjuntura que vivemos, portanto fazer esse curso foi um sucesso e acho que a categoria foi muito bem representada pelos seus dirigentes. Esperamos que a gente possa ter outros momentos e que a formação esteja sempre presente, pois ela é fundamental para construção de uma outra sociedade”, pontuou a coordenadora-geral do CES, Gilda Almeida, que esteve presente durante todo o processo formativo.




    Da Redação

    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • PES na CTB-MA
    6 de outubro de 2017
    Planejamento Estratégico Situacional na CTB-MA


    A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-MA) recebeu em São Luís, no Maranhão, no último final de semana, 29 e 30 de setembro, a equipe do Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES) para a realização do Planejamento Estratégico Situacional (PES), conforme convênio estabelecido com a entidade nacional.

    Toda a diretoria esteve reunida na avaliação do último PES realizado na CTB-MA e na elaboração do novo projeto com objetivos e ações a serem desenvolvidas no decorrer dos meses. Para realizar a avaliação e aplicação do Planejamento, a doutora em Psicologia Liliana Lima e o sociólogo Augusto Petta, estiveram presentes como facilitadores do processo.


    A base utilizada pelo CES para a realização do PES é a metodologia desenvolvida pelo chileno Carlos Matus (1931-1998). Segundo o pensamento de Matus, o planejamento deve ser uma atividade coletiva e extremamente participativa. O intuito é identificar os problemas, estabelecer os objetivos, as ações e os resultados desejados.


    A secretária de Formação Sindical da CTB-MA, Benedita Costa, avaliou positivamente a atividade. “O Planejamento Estratégico Situacional é de extrema importância para a CTB Maranhão porque dá oportunidade para que todos da direção possa participar do planejamento. Todos se reúnem para discutir a CTB que temos que e qual o futuro que se deseja chegar.  O PES norteia as ações da diretoria e nos permite monitorar e avaliar os resultados”, pontuou.

    O CES tem realizado em todo o território nacional a aplicação do PES. Para conhecer mais sobre o método, acesse: http://bit.ly/1jjzyKt

    Da Redação

    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Formação na SindFar
    29 de setembro de 2017

    1º Curso de Formação Sindical no SindFar


    O Sindicato dos Farmacêuticos no Estado de Santa Catarina (SindFar) realizou nos dias 22 e 23 de setembro de 2017, o 1º Curso de Formação Sindical da entidade, como parte do convênio entre a Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar) e o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES).

    Com o objetivo de formar a categoria para transformar a realidade, a entidade reuniu farmacêuticos, dirigentes e funcionários do sindicato para a atividade.  

    Abrindo o encontro na sexta-feira, o farmacêutico e professor do CES, Marco Aurélio Pereira conduziu a aula "Relações de Trabalho na profissão farmacêutica (negociação, acordos e convenções coletivas)". Em seguida, foi a vez do economista Ednilson Arendt, abordar o tema "Fundamentos de administração e finanças para entidades sindicais".

    No sábado, o dia começou com a aula sobre "Origem e história do movimento sindical brasileiro", com o professor Adelmo Rodrigues, que finalizou o processo formativo tratando das "Concepções Sindicais". 

    Convênio CES e FENAFAR

    As atividades realizadas na parceria CES e FENAFAR fazem parte de um convênio estabelecido entre as entidades visando ampliar o acesso à formação sindical da categoria farmacêutica.

    Desde o início do ano já foram realizados processos formativos no SiNDIFARS (Rio Grande do Sul), SINDIFAC (Acre), SINFARMA (Maranhão) e SINFARCE (Ceará), entre outras entidades. 

    Da Redação


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------

  • Revolução Bolivariana
    20 de setembro de 2017
    Curso Nacional de Formação de Formadores 
    em Defesa da Revolução Bolivariana


    O Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela, junto com a Frente Brasil Popular e a Escola Nacional Florestan Fernandes, realizam o Curso Nacional de Formação de Formadores em Defesa da Revolução Bolivariana, nos dias 23 e 24 de setembro, em São Paulo-SP.

    O curso tem como objetivo capacitar os interessados para que melhor entendam a conjuntura atual da Venezuela, além de estimular o debate sobre o tema. Ele contará com a presença de professores de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC), professores venezuelanos e jornalistas brasileiros.

    As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 20 de setembro por meio do link: https://goo.gl/JBNXYp. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail: paznavenezuelabr@gmail.com

    Programação completa

    SÁBADO, 23/09/17, das 8h às 9h.

    1º MÓDULO (23/09/17, das 9h às 12h): História da Venezuela: da formação da república até a vitória eleitoral de Chávez em 1998.
    Professor Convidado: Ivan Gonzalez.

    2º MÓDULO (23/09/17, das 14h às 16h): História da Venezuela: o governo de Hugo Chávez (1998-2013) e as reformas políticas, econômicas e sociais.
    Professor Convidado: Valter Pomar, Prof. Do Curso de RI na UFABC

    3º MÓDULO (23/09/17, das 16h às 18h): Temas Fundamentais da Revolução Bolivariana:
    a) O petróleo venezuelano:
    Professor Convidado: Prof. Igor Fuser, Prof. Do Curso de RI na UFABC

    3º MÓDULO (24/09/17, das 09h às 10:30h): Temas Fundamentais da Revolução Bolivariana:
    b) Organizações Populares, Políticas e o processo das Comunas na Venezuela:
    Professores Convidados: Isamar, Héctor e Favio, venezuelanos.

    3º MÓDULO (24/09/17, das 10h30 às 12h): Temas Fundamentais da Revolução Bolivariana:
    c) Guerra Midiática:
    Professores Convidados: Maria Fernanda e Roney, da FanPage “Estudando a Venezuela”

    4º MÓDULO (24/09/17, das 14h às 17h): A crise política e econômica: conflitos e dilemas.
    Professor confirmado: Breno Altman (jornalista, fundador do site Opera Mundi)

    ENCAMINHAMENTOS FINAIS (17h às 18h)

    ENCERRAMENTO (18:00h)

    Serviço:
    Curso Nacional de Formação de Formadores em Defesa da Revolução Bolivariana
    Endereço: R. Rêgo Freitas, 454, 8º andar - República - São Paulo-SP

    Da Redação


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Palestra em Campinas-SP
    20 de setembro de 2017
     Inscrições abertas para palestra sobre 
    administração sindical em Campinas-SP 


    O Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES) realizará no dia 4 de outubro de 2017, às 19h, a palestra "Administração sindical em tempos de crise: formas de enfrentamento", com Victor Gnecco Pagani, no salão do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (SINTICOM), em Campinas-SP.  

    Voltada para dirigentes, assessores sindicais, funcionários das entidades e militantes, a palestra abordará algumas das ações que a classe trabalhadora poderá usar para  defrontar a atual conjuntura política e econômica em que o país está inserido


    Para tratar do assunto, o CES, em parceria com APROPUCC, SEAAC e Sinpro Campinas e Região, convida Victor Gnecco Pagani, sociólogo e assessor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

    Inscrições gratuitas


    As inscrições estão abertas. Para garantir a vaga o participante deverá enviar um e-mail para inscricao@cesforma.org.br, com nome completo, nome da entidade a qual pertence, telefone e endereço eletrônico. São oferecidas 80 vagas, que serão preenchidas conforme ordem de inscrição. O prazo final é dia 29 de setembro.


    Serviço:

    Palestra "Administração sindical em tempos de crise: formas de enfrentamento"
    Data: 4 de outubro de 2017, às 19h.

    Local: Salão do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (SINTICOM) - Rua Barão de Jaguara, nº 704 - Centro - Campinas/SP.  

    Inscrições: inscricao@cesforma.org.br

    Informações: www.cesforma.org.br  - (11) 3101-5120 ou (19) 98138-9001.


    Confirme a sua presença no evento: http://bit.ly/administracaosindical


    Da Redação

    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Papel da Juventude
    15 de setembro de 2017

    CES e APROPUCC realizam aula aberta
     sobre o papel da juventude 


    O Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES) e a Associação dos Professores da PUC-Campinas (Apropucc) realizaram como parte do convênio entre as entidades, a aula pública "O Papel da Juventude na Conjuntura Atual”, no Campus I da PUC-Campinas.

    Com mediação da professora e vice-presidente da APROPUCC, Silvana Suaiden, a atividade reuniu estudantes e professores do campus. Para tratar do assunto, foram convidados o professor da PUC-Campinas, sociólogo e escritor, Arnaldo Lemos Filho e o coordenador técnico do CES , sociólogo, professor, ex-presidente da Contee e do Sinpro, Augusto Petta.


    O objetivo foi discutir a organização dos movimentos estudantis desde a década de 1960 e o papel da Universidade na formação dos jovens. Durante a aula foi apresentado um panorama da luta por democracia e direitos e a importante inserção da juventude na política brasileira.



    Lembrando que a atividade integra o calendário de atividades e ações de fomento e formação da consciência política e social da comunidade universitária da PUC-Campinas e conta com o apoio do CES (Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho).

    Da Redação com APROPUCC


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------


  • Revolução Russa
    12 de setembro de 2017
    Revolução Russa é tema de curso em Campinas/SP 

    O Museu da Imagem e do Som de Campinas  (MIS) recebe em outubro o curso de “Introdução à História da Revolução Russa”, realizado por diversas entidades do movimento social, entre elas o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES).

    Os encontros acontecem nos dias 10, 11, 18 e 25 de outubro, sempre das 19hs às 22hs. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 4 de outubro pelo link https://goo.gl/TTXBwp ou pelo e-mail: revolucaorussamis@gmail.com . No total serão oferecidas 40 vagas.

    Confira abaixo o conteúdo programático:

    1ª Aula
    – As Origens da Revolução Russa (1860-1917) - compreende das origens do processo revolucionário, no último quarto do século XIX sob o império czarista, até a Revolução de Fevereiro de 1917.  Professor: Orestes Toledo.

    2ª Aula – Os dias da Revolução - compreende o período que vai de fevereiro de 1917 até o momento da tomada do poder pelos bolcheviques em 25 de outubro de 1917. Professor: Lejeune Mirhan.


    3ª Aula – Os primeiros anos do socialismo (1918-1924) - compreende o período após a revolução em si, os seus primeiros anos, a sua consolidação. Ele irá até a morte de Lênin em 1924. Professor: Augusto César Buonicore.


    4ª Aula – projeção do filme Outubro, do diretor Serguei Eisenstein, de uma hora e meia de duração. Em seguida, será realizado um debate sobre o tema. Coordenador: Orestes Toledo.

     O curso terá um total de 12 horas aula e serão oferecidos certificados de conclusão expedidos pelo MIS aos alunos que comparecerem a pelo menos três das quatro aulas.

    Serviço:
    Curso Introdução à História da Revolução Russa
    Museu da Imagem e do Som de Campinas - MIS: Rua Regente Feijó nº 859, Centro - Campinas/SP.
    Informações: revolucaorussamis@gmail.com  

    Da Redação


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------

  • Moção de solidariedade
    12 de setembro de 2017




    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------

  • Primavera de Lutas
    6 de setembro de 2017
    Primavera de Lutas: centrais realizam ato pela retomada 
    do crescimento e em defesa do emprego


    Pela retomada do crescimento, em defesa do emprego e contra a retirada dos direitos, as centrais sindicais (CTB, UGT, Força Sindical, Nova Central e CSB) realizarão no próximo dia 22 de setembro, às 10h, na frente do Masp, na Avenida Paulista, uma manifestação lúdica para marcar o início da Primavera. Confirme sua presença em nosso evento no Facebook.

    Já nomeada como "Primavera de Lutas", as centrais sindicais ofertarão flores e denunciarão a agenda regressiva do governo, que não tem sinalizado saídas para a crise e nem caminhos para o combate ao desemprego, que já assombra mais de 26 milhões de brasileiros e brasileiras.

    "Esse ato compõe uma ampla agenda de ação das centrais sindicais e tem como objetivo denunciar a onda de retirada de direitos, o desemprego e o processo de desindustrialização que tanto tem aprofundado a crise no Brasil", indicam as centrais.

    Atos pelo Brasil

    "A CTB orienta toda a sua base a realizar atos no mesmo dia nas capitais de todo o Brasil. A complexa conjuntura cobra vigilância e organicidade. O que nos une é a luta em defesa de direitos, de um projeto de retomada do crescimento e o fortalecimento do movimento sindical", indicou o presidente Nacional da CTB, Adilson Araújo, ao convocar toda a base classista para mais essa jornada.

    E completou: "A CTB seguirá vigilante e mobilizada, focada da construção de para enfrentar os desafios da luta política em curso".

    Serviço:
    São Paulo - Primavera de Lutas: "Pela retomada do crescimento, em defesa do emprego e contra a retirada dos direitos"
    Quando: Dia 22 de Setembro, às 10 horas.
    Onde: Avenida Paulista, na frente do Masp.

    Portal CTB


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Maiakóvski em cena
    5 de setembro de 2017
    “Nos demais,
    todo mundo sabe,
    o coração tem moradia certa,
    fica bem aqui no meio do peito,
    mas comigo a anatomia ficou louca,
    sou todo coração.”


    A Plenos Pulmões traz a poesia e a prosa de Maiakóvski e busca justapor e contrapor suas criações e pensamentos ao momento político, artístico e social em que vivia. É um espetáculo poético que pretende, a plenos pulmões, falar a obra desse artista genial.

    Muito já se falou sobre Maiakóvski. O poeta da Revolução. O grandalhão obsessivamente
    apaixonado pelo futuro e que, junto com Khliébnikov, Burliuk, Kamiênski e Kruchenyk escreveu o manifesto de 1912 “Uma Bofetada no Gosto Público” inaugurando o futurismo russo. Eram poetas anárquicos, irreverentes, meio plebeus, que revolucionaram a língua e a poesia russa.

    Em 2017 completam-se cem anos da Revolução Russa e “A Plenos Pulmões” busca olhar esse importante acontecimento através das palavras desse poeta, um de seus maiores entusiastas críticos. O nome do espetáculo vem do poema homônimo de Maiakóvski – seu ultimo poema onde ele se dirige à posteridade afirmando o poder de seus versos.

    Para dar voz ao vociferante, grandalhão (“eu era gigante de porte, mas para que todo esse tamanho?” perguntava Maiakóvski), apaixonado e apaixonante Maiakóvski, Marcia Abujamra convidou Luciano Chirolli.

    Ao seu lado, a atriz Georgette Fadel atua como uma leitora contemporânea de Maiakóvski, narra fatos e situações, fala poemas e contracena com Luciano Chirolli representando as mulheres da vida do poeta.

    A equipe traz os profissionais Simone Mina (cenário e figurinos), Wagner Freire (iluminação), André Abujamra (música original) e Aline Meyer (sonoplastia).

    Serviço
    “A Plenos Pulmões”
    Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Alvares Penteado, 112 – Centro - São Paulo/SP 
    Temporada: de 28 de julho a 18 de setembro de 2017
    Às sextas, sábados e segundas às 20h e domingos às 19h
    Ingressos: R$ 20,00
    Lotação: 140 lugares - Duração: 80 minutos
    Classificação etária: 12 anos

    CCBB São Paulo

    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Papel da Juventude
    1 de setembro de 2017
    “O papel da Juventude na Conjuntura Atual” é o tema central da próxima aula pública que será realizada pela Associação dos Professores da PUC-Campinas (Apropucc), em convênio com o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES), no dia 12 de setembro, das 19h30 às 22h30, no Campus I da PUC-Campinas (sala 901). 

    O encontro será conduzido pelo professor da PUC-Campinas, sociólogo e escritor, Arnaldo Lemos Filho e o coordenador técnico do CES (Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho), sociólogo, professor, ex-presidente da Contee e do Sinpro, Augusto Petta.
    No Dia Internacional da Juventude, comemorado em 12 de agosto, a ONU (Organização das Nações Unidas) escolheu como tema a “Participação Cidadã da Juventude” (tradução livre de “Youth Civic Engagement”).

    No Brasil, a data trouxe à tona as discussões sobre o desafio de incluir a juventude nos debates políticos, principalmente, diante desse momento de crise econômica e de perda de direitos sociais e trabalhistas históricos que impactam fortemente o futuro dos jovens.

    Os jovens não conseguem encontrar emprego, os salários estão arrochados, as famílias estão acumulando dívidas porque não conseguem arcar com as despesas do mês e a inflação não para de crescer. Diante deste cenário, as saídas para a juventude parecem incertas! Por isso convidamos a juventude a debater esse panorama e acumular forças para lutar contra os retrocessos.

    Serviços:
    Aula Pública - “O papel da Juventude na Conjuntura Atual”
    PUC- Campinas - Campus I  - Rod. Dom Pedro I, Km 136 - (sala 901)
  • CES na TV CONTEE
    1 de setembro de 2017
    TV Contee mostra como foi o 
    1° Curso Nacional de Formação e Gestão Sindical

    A TV Contee mostra como foi o 1° Curso Nacional de Formação e Gestão Sindical promovido pela Confederação, nos últimos dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, em parceria com o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES). O curso abordou concepções sindicais, a importância do Planejamento Estratégico Situacional (PES) e da formação sindical, a gestão financeira para entidades sindicais e a origem e história do movimento sindical brasileiro. Foram realizadas palestras, atividades lúdicas e discussões sobre o conteúdo ministrado e a conjuntura nacional, de crise política, econômica e social e ataque aos direitos trabalhistas e às entidades sindicais por parte do Governo Temer.

    Confira:




    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Formação na CONTEE
    1 de setembro de 2017
    Contee realiza o primeiro e programa novos 
    cursos de formação e gestão sindical


    Com a participação de 32 sindicalistas de 14 sindicatos, duas federações e da própria Confederação, vindos de oito estados e do Distrito Federal, a Contee realizou, dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, seu 1º Curso Nacional de Formação e Gestão Sindical. “Já estamos pensando na continuidade desta atividade. Vamos constituir, com as entidades filiadas, um Grupo de Trabalho de Formação, para preparar os próximos cursos”, anunciou Guilhermina Luzia da Rocha, que coordenou o evento.

    Realizado em conjunto com o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES), o curso abordou concepções sindicais, a importância do Planejamento Estratégico Situacional (PES) e da formação sindical, a gestão financeira para entidades sindicais e a origem e história do movimento sindical brasileiro. Foram realizadas palestras, atividades lúdicas e discussões sobre o conteúdo ministrado e a conjuntura nacional, de crise política, econômica e social e ataque aos direitos trabalhistas e às entidades sindicais por parte do Governo Temer.


    Augusto Petta, ex-presidente da Contee e um dos professores do CES, considerou que cursos como este “podem dar força significativa para a luta, para formar convicções nos trabalhadores sobre a necessidade de se organizar para defender e avançar nos seus direitos”.

    A professora Liliana Lima lembrou que “a formação sindical necessita ser uma das prioridades permanentes das entidades e o PES precisa incorporá-la – na verdade, é a forma de viabilizá-la. Trabalhar a formação implica em desenvolver a capacidade de planejar para a vida em geral”.


    O professor e economista Ednilson José Arendit explanou que a entidade sindical desenvolve a luta econômica, política e ideológica, “e o papel da administração é assegurar a eficácia e eficiência do sindicato. A eficácia indica que a organização realiza seus objetivos; a eficiência é a utilização produtiva e econômica de seus recursos”. Ele abordou também as finanças sindicais, apontando para a necessidade de previsão orçamentária, para as possibilidades de corte de custo e tratou da gestão de pessoas, características da liderança e desenvolvimento de equipes.

    Historiando a origem do movimento sindical, o professor Renato Bastos informou que, no Brasil, ele só surgiu, “de fato, no começo do século XX. Antes o país tinha poucas, e pequenas, cidades e indústrias.  É com a libertação dos escravos e a chegada dos imigrantes em grandes quantidades que as cidades vão começar a crescer e a industrialização brasileira ganhará força. Os trabalhadores no Brasil vão organizar rapidamente associações e sindicatos para combater a exploração dos patrões. Não tinham direito a férias, trabalhavam 16 horas por dia, não havia salário mínimo – uma situação que o Governo Temer quer trazer de volta…”.


    Fazendo um balanço da atividade, Guilhermina ressaltou que “a formação possibilitará aos sindicalistas e à base construir juntos melhores maneiras de superar a crise. Ela passa a ter um papel de maior protagonismo, por isso já saímos daqui pensando na próxima atividade. A grande maioria dos sindicatos não têm secretaria de formação, embora muitos de seus diretores se dediquem a essa área. Nosso objetivo é consolidar um trabalho nesse setor”.


    Gilson Reis, coordenador-geral da Contee, enfatizou que “nossa luta passa pela formação, setor em que a direita e os liberais investem pesado. O movimento sindical não pode ficar alheio a isso. Precisamos aprender a lidar com a dinâmica do mundo do trabalho, e enfrentar essa ofensiva pessada do capital. Este curso foi um primeiro e singelo passo. Vamos estruturar o processo de formação – esta será uma das questões que serão deliberadas no próximo Consind”.

    CONTEE - Carlos Pompe


    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
  • Paz na Venezuela
    1 de setembro de 2017

    Em solidariedade ao povo venezuelano, o Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela – composto partidos políticos, veículos da mídia alternativa e organizações sociais entre elas a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) – promove, no dia 1º de setembro, um ato político-cultural para somar esforços na defesa da democracia e da paz no país irmão. O evento é aberto e ocorre na sede do Sindicato dos Arquitetos no Estado de São Paulo, no centro da capital paulista (Rua Araújo, 216, próximo ao metrô República), a partir das 18h.

    Com muita música, comida e bebidas típicas da Venezuela, o encontro terá um ato político com as presenças de Vanessa Grazziotin (senadora pelo PCdoB-AM), Guilherme Boulos (Frente Povo Sem Medo), Ivan Valente (deputado federal pelo PSOL), Lindbergh Farias (senador pelo PT-RJ), João Pedro Stédile (coordenador do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST) e pelo escritor Fernando Morais.
    Venezuela ato politico

    O evento tem como proposta reunir lideranças do movimento social, de partidos e todos os simpatizantes solidários ao povo venezuelano, para celebrar a cultura do país e manifestar apoio aos avanços por eles obtidos. Esses avanços devem se aprofundar com a Assembleia Nacional Constituinte, eleita por 8 milhões de votos no dia 30 de julho e já em pleno funcionamento.

    Prestar apoio e reafirmar valores como a integração e a defesa da autodeterminação do povo venezuelano é, na avaliação do Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela, uma tarefa urgente frente às graves ameaças feitas, por exemplo, por Donald Trump. Em pronunciamento recente, o presidente estadunidense cogitou explicitamente a possibilidade de intervenção militar no país latino-americano.

    Manifestar solidariedade também é uma resposta do povo brasileiro às posições tomadas pelo governo Temer, que se alinham automaticamente aos ataques contra a Venezuela, e ao terrorismo midiático predominante no noticiário dos grandes grupos de comunicação, repleto de desinformação e extremamente enviesados e irresponsáveis em relação à complexa situação vivida pelo país vizinho.

    Todos são bem vindos ao ato político cultural pela paz na Venezuela. Convide seus amigos e manifeste sua solidariedade ao povo venezuelano no dia 1º de setembro!
    Confirme sua presença na página oficial do evento no Facebook.

    Portal CTB

    -----------------------------------------------------------------------------------
    Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho
    Facebook: https://www.facebook.com/cesforma 
    Twitter: https://twitter.com/cesforma
    Instagram: https://www.instagram.com/cesforma
    -----------------------------------------------------------------------------------
<
123...49
>